SELEÇÃO:

...
CASOS CONFIRMADOS (5):

ÓBITOS CONFIRMADOS (5):

PROJEÇÕES DE INTERNAÇÕES E DEMANDAS POR LEITOS E VENTILADORES (3)(4)

CALCULADORA DE LEITOS E VENTILADORES POR DEMANDA E OFERTA (4)

(1) Fonte: Cadastro Nacional de estabelecimentos SUS-CNES de dezembro de 2019 e SIH/SUS/DATASUS/MS de 2019
(2) Fonte: SES-ESP e Censo Covid em 13 de abril de 2020
(3) Fonte: SES-ESP e Censo Covid19 em 04 de maio de 2020. Projeção realizada pelo SDE/IPT
(4) Fonte: SES-ESP e SRAGHOSPITALIZADO em 22 de abril de 2020. Modelagem realizada pelo SDE/IPT
(5) Fonte: Brasil.io disponível em https://brasil.io/dataset/covid19/caso_full/. Modelo e Projeção feita por ATS IPT e USP

Este aplicativo foi elaborado para USUÁRIOS que são operadores ou gestores hospitalares e para USUÁRIOS que são assessores ou gestores municipais da área saúde. O aplicativo fornece ao usuário números da relação de oferta de leitos UTI e Ventiladores versus a demanda de internações hospitalares de pacientes com SRAG, visando, assim, o enfrentamento a COVID-19.

São três as situações de aplicação:

  1. PROJEÇÕES DE INTERNAÇÕES E DE DEMANDAS POR LEITOS E VENTILADORES: Nesta 1ª situação o usuário necessita de uma previsão do número de internações hospitalares por município ou por DRS (Departamento Regional de Saúde do Estado de São Paulo). O aplicativo apresenta uma previsão até 15 dias para frente do número de internações hospitalares de pacientes com SRAG e uma previsão da quantidade necessária de leitos UTI e a da quantidade necessária de Ventiladores Invasivos e Não Invasivos para o atendimento desta demanda futura em internações hospitalares.
  2. CALCULADORA DE LEITOS E VENTILADORES POR DEMANDA E OFERTA: Nesta 2ª situação, o usuário informa uma previsão do número de atendimentos mês (estimativa da capacidade de atendimento hospitalar em Pacientes por Mês) e o aplicativo devolve o número necessário de leitos UTI, de Leitos Enfermaria e o Número necessário de Ventiladores Invasivos e Não Invasivos.
  3. Na 3ª situação, em CALCULADORA DE LEITOS E VENTILADORES POR DEMANDA E OFERTA, o usuário informa a número de leitos UTI possíveis de serem ofertados por um hospital e o aplicativo devolve o número de pacientes que o hospital poderá atender por dia e o número de ventiladores invasivos e não invasivos necessários associados a essa demanda.

Esta ferramenta foi idealizada para os hospitais do estado de São Paulo que dedicaram (ou irão dedicar) leitos enfermaria e leitos UTI para atendimento de pacientes confirmados ou suspeitos com COVID-19, conforme diretrizes para internações hospitalares SRAG-Síndromes Respiratórias Agudas da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Portanto, toda referência que for feita ao número de internações hospitalares deve ser entendida como o número de internações de pacientes suspeitos ou confirmados com Covid-19.

Este aplicativo teve origem em frentes de trabalho do IPT para o enfrentamento a COVID19. O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) disponibilizou sua infraestrutura e o seu conhecimento multidisciplinar para desenvolver soluções que possam ajudar a conter e a mitigar os riscos da COVID-19.

A responsável pelo aplicativo e pelo seu conteúdo é de:

  • Olga Satomi Yoshida: pesquisadora do IPT. Autora do aplicativo e dos modelos subjacentes.
  • Leonardo Fonseca Larrubia: bolsista FAPESP de mestrado no IME-USP. Responsável pela implementação do aplicativo em Shiny-R.

A gradecimentos a:

  • Garagem do CTMETRO-IPT.
  • Jeferson Machado Pereira: administrador hospitalar.
  • Guilherme Araujo Lima da Silva: PhD da ATS. Trabalhou voluntariamente está disponibilizando os códigos dos modelos previsionais SEAIR-D.
  • Vinicius Moraes de Assis: estagiário do IPT e estudante de Física-USP. Trabalhou várias madrugadas para rodar os modelos previsionais SEAIR-D